Bolsonaro vai criar comissão para pente-fino ideológico de questões do Enem

O governo Jair Bolsonaro vai criar uma comissão especial para fazer uma análise ideológica do banco de questões do Enem.

O principal alvo será o expurgo de itens que abordem ideologia de gênero. Uma portaria do Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais), responsável pelo exame, será publicada nos próximos dias para criar a comissão.

O presidente do Inep, Marcus Vinicius Rodrigues, disse que a comissão vai buscar neutralidade das questões da prova. Esse trabalho estaria na esteira de uma revisão de todos os processos dentro do instituto. De acordo com Rodrigues, a abordagem do tema de gênero não é pertinente para uma prova.

“Quando a gente fala em gênero, acho que não cabe a escola tratar disso. Cabe à família tratar disso. Eu não teria como sugerir uma questão que são de assuntos familiares”, disse.

“Eu posso fazer uma medição, uma boa redação, para atestar se o aluno tem ou não condições de seguir na vida profissional sem buscar um tema que venha a agredir ou não estar de acordo com alguns valores”.

Essa é a primeira medida oficial do governo para interferir em conteúdos educacionais.

News Reporter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *