Fake news! Novo ministro da Educação não aparece em vídeo polêmico

Esquerdistas estão falsamente atribuindo declarações controversas ao novo gestor do MEC

O presidente Jair Bolsonaro mal anunciou o novo ministro da Educação e a oposição já encontrou um vídeo polêmico em que supostamente Abraham Weintraub dá declarações controversas.

Apesar do material ser verdadeiro, o novo gesto não é o autor das declarações, como a oposição afirmou. Arthur Weintraub, irmão do ministro, é quem aparece na filmagem.

“O socialista é a Aids, o comunista é a doença oportunista. Quando um comunista ou socialista chegar para você com um papo furado, você manda ele para aquele lugar. Xinga ele, faça o que o professor Olavo [de Carvalho] fala” disse Arthur no vídeo.

Com a grande circulação do vídeo nas redes, o assunto chegou a ser o mais comentado no Twitter do Brasil. O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) comemorou a escolha do presidente e a reação da oposição.

“Excelente sinal! Esquerdistas em polvorosa pela nomeação do Prof. Abraham Weintraub! E eles já estão confundindo o Abraham com o Arthur mas, é claro, essa confusão é sem querer, talkei (ironia). Assim que eles perceberem vão pedir desculpas e assumir a fake news que estão divulgando”, escreveu Eduardo.

Hoje pela manhã o Jornal Correio Braziliense errou a foto do novo Ministro Abraham na capa e botou foto de seu irmão Arthur

News Reporter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *