Russia defende conversa entre Maduro e Guaidó para resolver crise na Venezuela

O chanceler russo, Sergei Lavrov, disse nesta terça-feira (5) que a crise na Venezuela só poderá ser resolvida se autoridades do governo de Nicolás Maduro e a oposição conversarem diretamente, conforme informou a agência de notícias RIA.

“Continuamos a acreditar que a única maneira de sair desta crise é sentar o governo e a oposição na mesa de negociações”, disse Lavrov, segundo a RIA. “Caso contrário, será simplesmente a mesma mudança de regime que o Ocidente fez muitas vezes.”

Nesta segunda-feira, os principais países europeus reconhecerem o líder da oposição Juan Guaidó como presidente interino da Venezuela, aumentando o aspecto global da crise que envolve o regime socialista de Maduro, que tem o apoio de Moscou.

Esses países haviam dado um ultimato de 8 dias para que Maduro convocasse eleições, ou reconheceriam Guaidó, que também tem o apoio de Estados Unidos, Brasil e outros países da América. A oposição e boa parte da comunidade internacional consideram que as últimas eleições presidenciais venezuelanas foram arbitrárias e fraudulentas.

*Com informações do portal G1

veja também:

Maduro pede ao Papa que o ajude em diálogo com países que reconheceram Guaidó como presidente

 

One Reply to “Russia defende conversa entre Maduro e Guaidó para resolver crise na Venezuela”

  1. Impressionante, que a Russia sempre se envolve, protegendo os governos totalitários (Síria etc.), se lixando do povo – não é milagre, que na própria Russia, não existe libertada neste sentido !

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *