Tarso Genro (PT) perde ação contra Alexandre Garcia e terá que pagar os honorários dos advogados do jornalista

Tarso Genro não será indenizado por Alexandre Garcia.

O ex-ministro de Lula entrou na justiça depois de o jornalista ter dito que ele devolveu a Cuba dois boxeadores que fugiram da delegação nos jogos Pan-Americanos do Rio de Janeiro.

Garcia falou em um programa na rádio CBN, em 2007, que o político teria “pegado” e “botado” os atletas no avião. Os boxeadores foram encontrados pela polícia brasileira e acabaram deportados.

O juiz Leandro Raul Klippel, da 12ª Vara Cível do Foro Central de Porto Alegre, negou o pedido de indenização. Para o magistrado, embora o comentário possa ser considerado como forte, não configura abuso do direito.

“Tal menção, embora haja, no mínimo, fundadas dúvidas acerca da sua estrita veracidade, é insuficiente para ensejar o reconhecimento de ofensa à honra subjetiva do requerente”, afirmou.

O petista não receberá a indenização de R$ 50 mil, e ainda terá que pagar os honorários dos advogados do jornalista.

Nas redes sociais, Alexandre comemorou a decisão da justiça:
“Perdeu na 1ª instância, recorreu ao tribunal e perdeu por unanimidade. Agora terminou e tem que pagar as custas. Só 2 ações em quase 50 anos de jornalismo. A outra foi de Orestes Quércia, que retirou a ação. Genro usou 4 advogados e eu um,com quem brindei à vitória.”

Alexandre Garcia sobre pedido de pensão feito por Dilma; “Tambem quero da VAR Palmares” e cita assalto em que foi vitima da Guerrilha

Alexandre Garcia sai em defesa da ministra Damares e expõe hipocrisia de petistas

 

 

News Reporter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *