Raquel Dodge arquiva inquérito das ‘Fake News’ do STF.

A Procuradoria Geral da República acaba de arquivar o inqúerito das ‘fake news’ do Supremo Tribunal Federal.

“A providência tem como fundamento o respeito ao devido processo legal e ao sistema penal acusatório estabelecido na Constituição de 1988, segundo o qual o Ministério Público é o titular exclusivo da ação penal, fato que provoca efeitos diretos na forma e na condução da investigação criminal.”

Ou seja, a PGR está dizendo que o STF não poderia nem ter iniciado o inquérito, já que apenas o MP poderia ter feito uma denúncia.

A PGR também manifestou que a censura feita pelo STF contra O Antagonista e a Revista CrusoÉ não foram pedidas nem acompanhadas pelo Ministério Público.

Ainda a pouco Bolsonaro se manifestou pelo Twitter. O presidente afirma que a liberdade de expressão é um direito legítimo e inalienável

“Acredito no Brasil e em suas instituições e respeito a autonomia dos poderes, como escrito em nossa Constituição. São princípios indispensáveis para uma democracia. Dito isso, minha posição sempre será favorável à liberdade de expressão, direito legítimo e inviolável”, afirmou em seu Twitter.

A declaração é contextualizada em meio a duras críticas que o STF vem recebendo por atos de censura a meios de notícias, como à revista Crusoé e O Antagonista.

*Com informações do site ‘O Antagonista’

 

News Reporter

2 thoughts on “Raquel Dodge arquiva inquérito das ‘Fake News’ do STF.

  1. CONCORDO EM PARTE, POIS, A LIBERDADE DE EXPRESSÃO TEM LIMITES. A EXEMPLO, A REPORTAGEM DA REVISTA “VEJA” CONTRA A PRIMEIRA DA DO BRASIL CRITICANDO-A FALSAMENTE PELO ABANDONO DE SUA AVÔ. REPORTAGEM FOI DESMENTIDA PELO CORREIO BRASILIENSE E POR OUTROS SITE E POR VÍDEO COM A FALA DA AVÔ DESMENTINDO A REPORTAGEM… .

    1. Defendo até a liberdade da Veja em mentir, este fato coloca uma empresa que é séria em dúvidas perante o seu público – quem perde é a empresa, o estado não deve intervir. O público é que vai escolher quem merece credibilidade ou não – acho que as injúrias no passado causaram danos muito mais graves, porque o contraditório nunca ouve, felizmente temos nos dias atuais como desmascarar os canalhas…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *