Delação de Palocci acerta em cheio um dos filhos do Lula

Palocci diz que filho de Lula recebeu propina de montadoras

Antonio Palocci disse hoje, em depoimento à Justiça Federal no Distrito Federal, que o filho do ex-presidente Lula, Luiz Cláudio, recebeu recursos de um lobista envolvido na elaboração da Medida Provisória 471/2009, objeto de ação penal no âmbito da Operação Zelotes.

De acordo com Palocci, o filho de Lula o teria procurado em sua consultoria, em São Paulo, entre o final de 2013 e o início de 2014, para que o ajudasse a obter de empresas ao menos R$ 2 milhões para para organizar um torneio de futebol americano. Mas ele foi falar com Lula, que lhe comunicou que Mauro Marcondes, da CAOA, já havia repassado o dinheiro.

“Fui falar com o ex-presidente Lula porque queria ver com ele se autorizava a fazer isso [obter recursos para seu filho]. Foi ai que o ex-presidente falou não precisar atender ao Luiz Cláudio porque ‘eu já resolvi esse problema com o Mauro Marcondes’ ”, disse Palocci.

Palocci disse ter procurado Lula em 2014, cerca de um mês após o encontro com Luiz Cláudio, para conversar sobre o pedido do filho do ex-presidente. A reunião teria ocorrido no Instituto Lula, em São Paulo.

O ex-ministro disse ao juiz Ricardo Leite que Lula recebeu da CAOA uma propina de 2 milhões de reais ou 3 milhões de reais para renovar a MP do setor automotivo. De acordo com ele, o próprio Lula lhe confirmou que o dinheiro sairia daquela transação com MPs. A propina foi repassada para o filho de Lula, Luiz Claudio

Segundo a denúncia do Ministério Público Federal, Marcondes atuou junto ao governo Lula em prol da elaboração da MP 471, na qual foram concedidos benefícios fiscais a montadoras de veículos, que em troca teriam pago propina para que o texto fosse publicado.

 

 

News Reporter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *