#Dia17nasRuas; Apoiadores da Lava Jato planejam manifestações contra o STF neste domingo

Na última quinta-feira, o Supremo liberou a Justiça Eleitoral para julgar crimes comuns, incluindo os que têm ligação com caixa dois. Em paralelo, o ministro Dias Toffoli abriu um inquérito para investigar ameaças contra os magistrados. Manifestantes estão organizando protestos contra o Supremo para este domingo.

A Procuradoria-Geral da República, os membros da Lava Jato e o ministro da Justiça, Sergio Moro, posicionaram-se contra a decisão do STF. Apesar de respeitarem a determinação, todos declaram que a Justiça Eleitoral não tem estrutura para julgar crimes complexos e há riscos de haver impunidade, afetando diretamente todo o trabalho desenvolvido na Lava Jato.

Apenas um dia após a decisão do STF, políticos implicados na Lava Jato como os ex-governadores Beto Richa (Paraná) e Marconi Perillo (Goiás) já solicitaram à Justiça Federal que seus processos sejam enviados para a Justiça Eleitoral.

Uma lista divulgada pelo Gazeta do Povo mostra hora e local dos atos contra a decisão do STF:

  • Rio Branco (AC): 15 horas, Palácio Rio Branco
  • Maceió (AL): 15 horas, em frente ao Cepa
  • Macapá (AP): 15 horas, Praça da Bandeira
  • Fortaleza (CE): 16 horas, Praça Portugal
  • Juazeiro do Norte (CE): 16 horas, Praça Giradouro
  • Brasília (DF): 10 horas, STF
  • Vitória (ES): 10 horas, Praia Camburi Quiosque
  • Goiânia (GO): 15 horas, em frente do prédio da Polícia Federal
  • Campo Grande (MS): 17 horas, sede do MPF
  • Belo Horizonte (MG): 10 horas, Praça da Liberdade
  • Uberlândia (MG): 10 horas, Praça Tubal Vilela
  • Juiz de Fora (MG): 15 horas, Parque Halfeld
  • Belém (PA): 9 horas, Praça da República
  • Santarém (PA): 16 horas, Orla Santarém
  • Redenção (PA): 9 horas, Praça do Mogno
  • João Pessoa (PB): 16 horas, Busto Tamandaré
  • Recife (PE): 9 horas, Padaria Boa Viagem
  • Curitiba (PR): 15 horas, Boca Maldita
  • Matinhos (PR): 17 horas, Praça Central
  • Apucarana (PR): 15 horas, Praça da Matriz
  • Foz do Iguaçu (PR): 9 horas, Praça Mitre
  • Londrina (PR): 15 horas, rotatória do Colégio Vicente Rijo
  • Maringá (PR): 15 horas, sede da Justiça Federal
  • Rio de Janeiro (RJ): 8 horas, Posto 5 (Copacabana)
  • Natal (RN): 15 horas, Midway Mall
  • Porto Alegre (RS): 15 horas, Parcão
  • Porto Velho (RO): 16h30, letreiro do Espaço Alternativo
  • Florianópolis (SC): sábado, 16 horas, Trapiche da Beira-Mar Norte
  • Joinville (SC): 10 horas, Fórum
  • Tubarão (SC): 16 horas, Praça Walter Zumblick
  • Campinas (SP): 10 horas, Largo do Rosário
  • São Paulo (SP): 14 horas, Masp
  • Osasco (SP): 10h30, Largo Osasco
  • Santos (SP): 15 horas, Praça Independência
  • S. José do Rio Preto (SP): 10 horas, Mercado Municipal
  • Sorocaba (SP): 16 horas, Praça Campolim
  • Franca (SP): 10 horas, Praça da Matriz
  • Americana (SP): 11 horas, Avenida Antônio Pinto Duarte
  • S. Bernardo do Campo (SP): 11 horas, sede do MPF”

 

 

News Reporter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *