A história dessa foto revela a humildade de Ricardo Boechat, um ser humano incrível

Ieda Marcondes, de 32 anos, estava no Rio de Janeiro, em maio de 2015, onde foi visitar o irmão. Na volta para São Paulo, saindo do Aeroporto Santos Dumont, tiveram que retornar ao Galeão, também no Rio, por causa de uma chuva muito forte que caia em São Paulo.

Com o voo cancelado, a crítica de cinema não conseguiu nenhum documento que servisse como justificativa para ela apresentar no local onde trabalhava. Sem a justificativa, sua falta não seria abonada e ela teria um desconto no próximo pagamento. Diante dessa situação, ela só via uma solução. Falar com Ricardo Boechat. O jornalista da Band estava no mesmo voo que ela.

Ieda escreveu para Boechat pedindo ajuda e a surpresa foi grande quando o jornalista foi até o local onde ela trabalhava para falar com sua chefe. Boechat tornou-se naquele dia o documento que comprovava o cancelamento do voo que impediu Ieda de ir trabalhar. Resultado: a diretoria da empresa ficou sabendo e o dia foi abonado.


Essa é uma das muitas histórias envolvendo o jornalista. A própria Ieda postou em seu perfil no Twitter.

Veja Também:

“Era o ateu que mais praticava amor ao próximo”, diz esposa de Boechat

News Reporter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *