Comprovado, homem que espancou paisagista não tem problemas psiquiátricos.

Vinícius Serra, de 27 anos, que estava preso preventivamente no Hospital Penal Psiquiátrico, será transferido para uma unidade prisional normal.

Em nota, a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária informa que o interno recebeu alta no início da tarde desta quarta-feira. Após última avaliação psiquiátrica, foi constatado estabilidade no quadro médico. Além disso, após resultados dos exames feitos durante a internação, não houve alteração do quadro clínico psicopatológico. Vinicius é acusado de espancar brutalmente a paisagista Elaine Caparroz, de 55 anos.

Elaine foi ao IML nesta quarta-feira (27) realizar exame de corpo de delito, ela chegou acompanhada do advogado Evandro Bianor, que comentou a decisão:

— Não acredito em surto. Quem surta não troca nome. Quem surta não tenta se evadir do local. Quem surta não diz que só fala em juízo. Quem surta não deleta a conta no Instagram. Só se for um surto moral — argumenta o advogado de Elaine Caparroz, no IML.

Em seu depoimento prestado na 16ª DP (Barra da Tijuca) por mais duas horas, Elaine relata uma fixação de Vinícius em seu filho, o lutador Rayron Gracie. Com base nisso, a polícia não descarta a possibilidade de o crime ter sido cometido por vingança.

A paisagista acredita ter sido dopada por Vinícius. Com 60 pontos na boca, um dente quebrado, e com marcas por todo corpo causadas pela tentativa de feminicídio que sofreu, a paisagista informou que começou a perder os sentidos após fazer um brinde com ele. Ao acordar, já começou a ser esmurrada de forma bastante violenta por seu agressor.

*Com informações do EXTRA.

News Reporter

1 thought on “Comprovado, homem que espancou paisagista não tem problemas psiquiátricos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *