Lewandowski não aceita crítica e manda prender cidadão brasileiro em voo, veja o vídeo

O ministro do Supremo Tribunal Federal Ricardo Lewandowski se irritou em um voo de São Paulo para Brasília, na manhã desta terça-feira (4), e ameaçou mandar prender um cidadão que o criticou e chamou a Corte de “vergonha”.

Nas imagens, feitas já dentro da aeronave, o ministro aparece na primeira fila mexendo no celular. Ouve-se a voz do passageiro, não identificado, falando sobre o STF.

“Ministro Lewandowski, o Supremo é uma vergonha, viu? Eu tenho vergonha de ser brasileiro quando vejo vocês”, diz o homem.

Em resposta, o ministro se dirige ao autor das críticas: “Você quer ser preso?”. Na sequência, pede a um comissário de bordo a presença de agentes da Polícia Federal no voo.

A discussão continua, com o cidadão questionando seu direito de se manifestar. “Eu não posso me expressar? Chama a Policia Federal então”, diz.

De acordo com o G1 o cidadão foi identificado como Acioli, de 39 anos, e é advogado

Ele foi detido ao chegar no aeroporto de Brasília e ouvido por um delegado da PF. Acioli é filho da subprocuradora-geral da República aposentada Helenita Amélia Gonçalves Caiado de Acioli.

Confira o registro do momento em que Lewandowski ameaça o advogado:

News Reporter

2 thoughts on “Lewandowski não aceita crítica e manda prender cidadão brasileiro em voo, veja o vídeo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *