PT inventa cargo exclusivo para dar sentido e existência de Haddad.

PT criou um cargo para manter o candidato derrotado do partido à Presidência, Fernando Haddad, em evidência.

O ex-prefeito de São Paulo será o coordenador dos Núcleos de Acompanhamento de Políticas Públicas (NAPPs), criados pelo partido para monitorar as ações do governo Jair Bolsonaro

O PT completa 39 anos de fundação hoje com a crescente percepção de que o presidiário Lula, seu líder máximo, está definitivamente fora das disputas eleitorais depois da segunda condenação por corrupção na Lava Jato, e da necessidade de criar uma alternativa a ele nas urnas.

Por isso, o partido se esforça para manter o protagonismo de Haddad, hoje o nome mais visível da legenda, como opção eleitoral.

O poste nunca vai deixar de ser um poste.

News Reporter

3 thoughts on “PT inventa cargo exclusivo para dar sentido e existência de Haddad.

  1. É também o modo de remunerar o vagabundo com verba do fundo partidário. Já que trabalhar, produzir, para essa gente está fora de cogitações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *