Dilma deve virar a ‘bola da vez’ na CPI do BNDES.

Será instalada, nesta terça-feira (2), na Câmara dos Deputados, a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), destinada a investigar a prática de supostos atos ilícitos e irregulares, no âmbito do banco, ocorridos entre os anos de 2003 e 2015, nos governos Lula e Dilma.

Dilma que viu a prisão de dois ex-presidentes no brasil em menos de um ano, tem passado desapercebida pela justiça. Ela já foi acusada de envolvimento em corrupção nos primórdios da Lava Jato, quando o ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró revelou seu aval, como presidente do conselho de administração, para a compra hiper-faturada da refinaria de Pasadena, nos Estados Unidos.

A sensação de impunidade no entanto, pode mudar com sua intimação para depor na CPI do BNDES, pretendida pelo deputado Kim Kataguiri (DEM-SP). A intenção do deputado é, justamente, conseguir convocar a ex-presidente da República Dilma Rousseff (PT) para prestar depoimento no colegiado.

A CPI do BNDES vai esmiuçar os financiamentos do banco no exterior, principalmente no governo Dilma, que favoreceu sobretudo a Odebrecht.

+ FINALMENTE ALGUÉM ESCREVEU AQUILO QUE TODOS QUE ACREDITAM EM LULA PRECISAM CONHECER

 

News Reporter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *