Prefeito do Rio, Marcelo Crivella diz que a cidade é uma “esculhambação completa”

Em discurso para uma plateia de 80 servidores, Marcelo Crivella disse que o Rio de Janeiro é “uma esculhambação completa”. Durante o evento, o prefeito também fez críticas à PM:

“Quando o político rouba e fica rico, o comandante do batalhão também quer ficar rico. O coronel quer ficar rico. O tenente, o sargento, querem ficar ricos. Aí, eles sobem o morro para pegar o arrego. O arrego é o troco da cocaína”.

Arrego é a gíria utilizada para nomear a propina paga por traficantes a policiais para que burlem o policiamento, evitando prisões e apreensões.

Crivella ainda se referiu ao VLT como “aquela porcaria”. Depois da divulgação das falas, alegou que elas haviam sido tiradas de contexto.

“No contrato que foi feito, quando o bondinho, o trenzinho alcançar a fase 3, a prefeitura tem que garantir 260 mil passageiros por dia. Quantos tem hoje? 60 mil. No final de um ano, dá 200 e tantos milhões. O contrato é de 25 anos, dá R$ 5 bilhões. Eu tenho 1.500 escolas precisando de reforma. Eu tenho hospitais precisando. Como é que eu vou fazer isso? Isso é maluquice. Isso é doideira. Como é que eu vou garantir que tem que ter passageiro no ônibus, que tem que ter passageiro no VLT? Quanto custou aquela porcaria? R$ 1 bilhão”, disse o prefeito.

com informações do G1

News Reporter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *