Sessão eleitoral termina com briga generalizada em Macapá

A Polícia Militar e a Guarda Municipal conseguiram conter o confronto

Em Macapá, capital do Amapá, uma sessão eleitoral para a presidência da Câmara Municipal de Macapá terminou com uma briga generalizada entre parlamentares e funcionários nesta quinta-feira (4).

O tumulto envolveu diversos parlamentares, sendo Caetano Bentes (PSC) e Yuri Pelaes (PMDB) os responsáveis por iniciarem a briga. A Polícia Militar e a Guarda Municipal conseguiram conter o confronto. Ninguém ficou ferido.

Yuri Pelaes era o presidente interino que conduziria a votação, mas a confusão começou logo nos primeiros minutos, após o vereador Pastor Didio (PRP) apresentar um documento solicitando a suspensão da sessão.

Yury solicitou, então, que Caetano Bentes, que é o primeiro secretário da Casa, lesse o conteúdo do documento. Bentes se recusou. Os dois começaram a discutir e em seguida começou uma confusão generalizada. A sessão foi interrompida.

Assista o trecho de um momento da briga:

News Reporter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *