Carro da Tuiuti que atacava Bolsonaro desmancha em plena avenida e escola corre risco de ser rebaixada

Após as críticas ao ex-presidente Michel Temer (MDB) renderem o vice-campeonato em 2018 à Paraíso do Tuiuti, a escola entrou na Sapucaí, na madrugada desta terça-feira (5/3), com mais um samba-enredo em tom político. “O salvador da pátria” pretendia contar a história do Bode Ioiô, que nos anos 1920 teria sido eleito vereador em Fortaleza, mas nunca assumiu.

No entanto, para muitos, o animal foi apenas um pano de fundo para que a escola enaltecesse o presidiário de Curitiba, Luiz Inácio Lula da Silva. Isso não agradou os apoiadores de Bolsonaro que imediatamente subiram a tag no twitter: #TuiutiNotaZero

Umas das alas, por exemplo, trouxe “coxinhas”, com um adereço que simula uma mão segurando uma arma de fogo. Enquanto isso, o último carro da escola teve aparelhos de celular com frases que fazem referência a falas de Bolsonaro.

Foi exatamente esse carro que entrou na avenida se desmanchando. Várias partes precisaram ser arrancadas às pressas, poucos metros antes do início da pista do sambódromo. Confira:

Devido aos problemas, agora a escola corre risco até ser rebaixada


Confira também:

Escola de Samba que homenageou Marielle Franco fica em último lugar e é rebaixada em São Paulo

News Reporter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *